Uarini Couscous com Smoked Pacovã

Como muitos dos meus leitores sabem, nasci e fui criado em Manaus. Isso me faz um ser exótico em boa parte do Brasil. Principalmente no meio gastronômico, o qual tenho feito parte neste último ano. Muitas vezes as pessoas riem de nós nortistas quando chamamos aipim de macaxeira. Mas daí vem a redenção quando os sudestistas chamam palmito de pupunha. São coisas bem diferentes, amigos. Mas não estou aqui para acirrar rivalidades. Porque isso é fuleiragem, como bem dizemos por lá. Acho muito construtivo eu entender a cultura de vocês, e também que vocês entendam a nossa. Pra que a gente possa valorizar cada vez mais nossa diversidade de ingredientes, sabores e cultura. A receita de hoje traz apenas ingredientes base amazônicos. A Farinha Uarini, como já utilizei em outro post, vem da macaxeira, é torrada e moída em formato de ovas. A banana pacovã seria prima da banana da terra por aqui. Só que um pouco maior. Se não encontrarem a farinha e a banana, podem executar a receita com farinha d’água moída grossa e banana da terra. A trilha sonora traz contempla uma atmosfera delícia pra ouvir no churrasco.

Couscous com Banana Frita

Rendimento

4 Porções

…………………………..

Tempo de Preparo

45 minutos

…………………………..

Ingredientes

02 Bananas Pacovã ‘macetas’ grande pra cacete

Carvão Vegetal

Galhos de Louro e Videira

300g de Farinha Uarini Ova

500ml de Leite de Coco

1 Tomate Italiano, cortado em cubinhos

1 Cebola Roxa, cortada em cubinhos

1 Pimentão Verde, assado sem pele

1 Pimentão Amarelo, assado sem pele

1 Maço de Coentro, picado

Sal, a gosto

Pimenta, a gosto

…………………………..

Técnica de Preparo

Acenda uma churrasqueira com Carvão, Galhos de Louro e Videira.

Corte as bananas em fatias grossas longitudinais. Borrife azeite e leve à brasa até amolecer. Os galhos de ervas darão um sabor especial.

Tempere o Leite de Coco com Sal, Pimenta, Coentro, Cebola, Tomate e Pimentões picados. Prove e acerte o sal. Esta será a base do tempero do Couscous.

Aqueça o Leite de Coco por 5 minutos e adicione metade à Farinha. A hidratação da farinha é uma parte importante da receita. Verifique o ponto após 3 minutos. Se estiver muito seca, adicione o Leite de Coco com xícaras de café até chegar no mesmo ponto de hidratação de um couscous marroquinho.

Sirva em um prato com a banana e salpique com coentro picado e flor de sal.

…………………………..

A harmonização

Acompanhe seu prato com um cerveja pilsen e com este playlist alto astral perfeito para seu churrasco de banana na varanda.

P.S.: A receita foi criada para o Projeto Integrador do Senac e é de co-autoria dos amigos Allana Valentim, Angela Valente, Denize Juliane, Gustavo Veras, Joanna Marra & Renan Magalhães.